Outras edições

- Km 0 - Ponte Escrita - I Encontro Luso-Galaico de Escritores, Chaves, 2016

- Sozinho na Multidão - Contos sobre solidão, vários autores, Edições IN, 2016

- Contos Imperfeitos, vários autores, antologia de contos sobre o Mosteiro da Batalha, edição Livraria Arquivo, 2015

- 05 ecO 10 [cinco autores = dez canções], edição ecO - Associação Cultural de Leiria, 2014

- antologia Viana a Várias Vozes - escritores não vianenses escrevem sobre o município, Edição da Câmara Municipal de Viana do Castelo, Maio, 2009

- antologia Um Natal Assim, QuidNovi, Lisboa, Novembro, 2008

- antologia Nas Margens da Solidão - Antologia de Prosa e Poesia, SOS Voz Amiga/Editora Padrões Culturais, Lisboa, Outubro, 2008

- 5.º volume Afectos, dedicado ao Amor, Editora Labirinto, Fafe, Fevereiro, 2008

- antologia de novos autores de Leiria Vamos para onde temos a ventura, CEPAE/Folheto Edições, Leiria, Janeiro, 2008

- livro Contos e Sabores da Alta Estremadura, (2.ª edição), Edições CEPAE/Folheto Edições, Leiria, 2007

- livro Contos e Sabores da Alta Estremadura, (1.ª edição), Edições CEPAE, Leiria, 2005

- antologia Alta Velocidad – Nueva narrativa portuguesa, Lengua de Trapo, Madrid, Maio, 2004

- livro Plumas de Judite, iniciativa do Bar Alinhavar, Leiria, 2002


--------------------------


Edições Artesanais
2002 - apuntes para um alfabeto sobre nada, poemas, Paulo Moreiras;
2001 - A Mirra dos Dias, poemas, Paulo Moreiras;
2000 - Entre Cila e Caribdis, poemas, Paulo Moreiras;
2000 - Elogio da Ginja, vários textos, coordenado por Paulo Moreiras
2000 - Cancioneiro Xisgaraviz, poemas, Paulo Moreiras;
1999 - estórias aos quadradinhos, banda desenhada, Paulo Moreiras;
1999 - Crónica do Rei Chateado, prosa, Paulo Moreiras, com ilustrações de Victor Borges;
1999 - Andaluzias, Don Juan Valera (1896), prosa, tradução de Paulo Moreiras;
1998 - Parábola da Noz Vermelha, prosa, Paulo Moreiras;
1998 - Breviário de Hades, poemas, Paulo Moreiras;
1998 - As Palavras Silvestres, 1994-1998, poemas, Paulo Moreiras;
1997 - O Espírito da Época, textos humorísticos, Paulo Moreiras;
1997 - No Fim do Poema, poemas, Paulo Moreiras;
1997 - Crónica dos Pretéritos Instantes, poemas, Paulo Moreiras;
1997 - A Pedra do Diabo, prosa, Paulo Moreiras;
1996 - O Umbigo de Eva, prosa, Paulo Moreiras;
1995 - Animar, poemas, Paulo Moreiras;
1995 - a flor dos terramotos, poemas, Paulo Moreiras, com ilustrações de Victor Borges;
1994 - Viagem, poemas, Paulo Moreiras.